<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d13038237\x26blogName\x3dAb%C3%B3bada+Palatina\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://abobada-palatina.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://abobada-palatina.blogspot.com/\x26vt\x3d-8593313784831305974', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script> <iframe src="http://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID=13038237&amp;blogName=Ab%C3%B3bada+Palatina&amp;publishMode=PUBLISH_MODE_BLOGSPOT&amp;navbarType=BLUE&amp;layoutType=CLASSIC&amp;homepageUrl=http%3A%2F%2Fabobada-palatina.blogspot.com%2F&amp;searchRoot=http%3A%2F%2Fabobada-palatina.blogspot.com%2Fsearch" height="30px" width="100%" marginwidth="0" marginheight="0" scrolling="no" id="navbar-iframe" frameborder="0"></iframe> <div id="space-for-ie"></div>

Abóbada Palatina

Um blogue que se escreve com 'gue'. Um humor à altura. || Digam coisas e assim ||

segunda-feira, junho 13

«Não sei como vieste, / mas deve haver um caminho / para regressar da morte»

A morte, pá, é uma gaja sobranceira. Mas na verdade (termo profilático) os seus motivos são insuflados como jogo de sedução em casa de alterne. A morte é uma sopeirinha deslumbrada por conduzir sozinha uma ceifeira debulhadora com barra de corte de 3 metros onde cabiam pelos menos seis homens e um cão. Só isso. Não tem mais do que aquela autoridade institucional de um GNR com fraca articulação mental que nos manda parar o carro: e nós obedecemos. Porque quando bate à porta do quarto (é quase sempre à porta do quarto, excluindo o Iraque e as estradas nacionais), a morte sabe que é perfeitamente provável que lhe cuspam um imenso ridículo. Diz-lhe a experiência que pode encontrar homens que já estão mortos embora vivos. Ou outros que já estão vivos embora mortos.

A morte, pá, é uma gaja sobranceira. Mas na verdade (termo profilático) os seus motivos são insuflados como jogo de sedução em casa de alterne. A morte é uma sopeirinha deslumbrada por conduzir sozinha uma ceifeira debulhadora com barra de corte de 3 metros onde cabiam pelos menos seis homens e um cão. Só isso. Não tem mais do que aquela autoridade institucional de um GNR com fraca articulação mental que nos manda parar o carro: e nós obedecemos. Porque quando bate à porta do quarto (é quase sempre à porta do quarto, excluindo o Iraque e as estradas nacionais), a morte sabe que é perfeitamente provável que lhe cuspam um imenso ridículo. Diz-lhe a experiência que pode encontrar homens que já estão mortos embora vivos. Ou outros que já estão vivos embora mortos.


<< Home


Didascálias [et al]

Um blogue tão cretino como qualquer outro. Um humor à altura. A blogar desde 20.Mai.05.


Santos da casa não fazem milagres

Esquerda, direita e pontos cardeais em geral
Da série marketing da Abóbada #1 #2 #3


Arquivos

Maio 2005  Junho 2005  Julho 2005  Agosto 2005  Setembro 2005  Outubro 2005  Novembro 2005  Dezembro 2005  Janeiro 2006  


At the bottom

Blogue Feed This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Quem linka

[versão extensiva]